Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Apocalypse

Ir à página : 1, 2, 3 ... 9 ... 18  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 18]

1default Apocalypse em 13/6/2015, 20:04

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

2default Re: Apocalypse em 13/6/2015, 20:23

Ano 21XX. Faz quarenta e dois anos desde da terceira guerra mundial. Era um mundo próspero, grandes avanços em tecnologia e medicina/genética - que foi destruído com o que chamaram de Little Russia - uma bomba atômica, a mais poderosa já feita, que foi jogado no meio da Rússia pelos Estados Unidos. A Rússia revidou com uma bomba igualmente perigosa - Não deu um bom resultado, a superfície de todo o mundo é inabitável por seres humanos. O nível de radiação Sigma (Uma criada; pode matar mas é mais conhecida por causar deformidades e mudanças genéticas altas) é tão alto que só vive na superfície quem tem resistência a isso - os Robôs, a maioria de guerra que reconhece todos os humanos como inimigos e os aniquilam, e os geneticamente modificados, que são criaturas horrendas, a maioria animal, que são ou mistura de animais, insetos, etc; ou uma nova raça completa de tão modificados foram, tudo isso somado as "modas" que se tinha antes da guerra de modificar o corpo humano.
Além dos inimigos humanos na superfície e radiação, chuvas ácidas, maioria dos locais inabitáveis por não ter água potável ou alimento, radiação vinda do sol, ar altamente poluído, todos os fatores deixa impossível para os humanos não-modificados sobreviverem muito mais que alguns dias na superfície. As criaturas desenvolveram uma alta imunidade para todos esses fatores.
A opção para a humanidade que sobrou é viver em baixo da terra. Com o ocupamento da superfície, muitas cidades foram criadas abaixo do solo, muitos caminhos, túneis, e formas de se viver sem o sol diretamente. As cidades grandes do subsolo foram destruídas na guerra direta - sem bombas atômicas, mas sim com armas, armaduras, toda a tecnologia usada para o mal. Os humanos, chamados de Resistência, vivem nos destroços e "campos" (área com alimentos e forma de produção) que sobraram. Vivem em uma espécie de anarquia, com um, dois ou até mais líderes que tentam fazer o melhor para o seu grupo - ou para seus próprios interesses, já que humanos ainda são humanos mesmo em situação de crise. Mas ao mesmo tempo que há grupos humanitários, tentando visar a sobrevivência da raça humana, há também grupos de pessoas que querem ter o melhor, visão a própria sobrevivência, mesmo que isso resulte na morte dos outros. Eles estão em uma quantidade menor se comparados aos humanitários mas em compensação possuem os melhores itens, armas, pois muitos deles são militares. Podem ser chamados de Guerrilheiros.
Há ainda um ultimo grupo, os híbridos. São todos racionais assim como os humanos, mas a maior parte de seu corpo é Máquina ou são um pouco geneticamente modificados. Mesmo que queiram viver em harmonia com os Humanitários, os humanos os rejeitam por terem medo. São mais fortes, mais ágeis, o medo dos humanos é um desses se voltarem contra o grupo - e cá entre nós, eles já tem inimigos demais, o perigo de aparecer traidores é grande. Por isso, os Híbridos costumam viver como viajantes, sem terra, vão de cidade em cidade e o máximo que os humanos permitem é fazer trocas - que nunca saem bem para o lado dos Híbridos.
Humanitários, Guerrilheiros, Híbridos, Monstros e Robôs, em resumo é como se pode separar o mundo. Os dois últimos vivendo na superfície principalmente, o terceiro em transição com as duas, e os dois grupos humanos lutando pela sobrevivência no subsolo.
Recursos básicos são raros. Café, Kiozina ("A gasolina do futuro"), alimentos, água potável, entre muitos outros. Existe circulando em torno de 40% de armas da guerra, mas com todos esses anos que se passaram, a grande maioria delas quase não possui munição. A arma mais usada é o sabre de luz - quem diria? - pois é uma espada que não oxida e sua bateria se enche com 6 horas de exposição ao sol, e dura seis anos. É extremamente duradouro e funciona como uma espada, então não é uma má opção.

Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus. Einstein.

Ver perfil do usuário

3default Re: Apocalypse em 15/6/2015, 18:31

Um grupo formado por 3 pessoas, Mike, Matt e Jane, caminhavam calmamente por um dos tuneis do lugar, aquilo estava bem vazio até. Estavam indo a outra cidade com objetivo de pegar mais mantimentos.

Matt Henck é um homem de 30 anos, Ex Soldado de Elite. Deixou a elite quando estes começaram a usar a pessoas a prol de seu próprio beneficio, e não mas ajudá-las.
Não foi exposto a nenhuma forma de radiação.
É um rapaz alto, com um excelente porte físico. Tem cabelos castanhos escuros, raspados na lateral. Possui uma barba rala. Olhos castanhos.
Possui uma armadura de combate completa, cinza/preta, com detalhes em amarelo. Um sabre de luz, também amarelo. Quando não veste armadura usa uma regata branca, uma calça de moletom preta, e não calça nada no pés.
Ele é sociável. Gosta de estar no comando. Valoriza a segurança e a convivência pacífica. Tem visões claras de como as coisas devem ser. Focado. Responsável. Realista. Segue as regras. Disciplinado. Agressivo quando provocado, ou quando se sente ameaçado. Sem medo e autoconfiante. Formal e rigoroso consigo mesmo.

Mike Castle é um garoto de 27 anos, Ex Jogador de futebol americano.
Foi exposto a radiação, por isso agora possui traços de macaco.
É um rapaz baixo, com bom porte físico. Tem cabelos Cabelo castanho claro (Cor de mel), curtos.
Não possui barba, apenas costeletas. Tem Olhos castanhos
Não possui armamento. Veste uma blusa branca, com uma jaqueta preta com detalhes em vermelho, calça jeans preta e não utiliza sapatos.
Sempre busca atenção e ama multidões. Faz qualquer coisa que lhe interessa. Entusiasmado com novas ideias, mas entediado com detalhes. Tem mente aberta e flexível. Desorganizado. Irresponsável. Age sem pensar. Não segue regras. Se distrai facilmente. Não é pontual. Gosta de se destacar. Espontâneo. Busca prazer, busca emoção, busca diversão. Aventureiro. Hiperativo. Gosta de experimentar coisas novas

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

4default Re: Apocalypse em 15/6/2015, 18:56

Jane Fritz fazia parte desse grupo. Era uma mulher de 28, estatura média, bonita. Tinha pele morena, cabelos longos e cinzas - que eram amarrados em rabo de cavalo por um grande laço roxo. Olhos roxos ao mesmo tom do laço, usava "batom" (era um permanente; algo como uma tatuagem do futuro) roxo ao mesmo tom e um cachecol, roxo também. Era sua "cor da alma", o que a disseram. Usava uma roupa esportiva, branca com preto, parcialmente militarista - era feita de um tecido que permitia movimento e a protegia. Usava luvas e botas de couro com alguns detalhes, pretas. Usava um Arco composto preto com detalhamento roxo. Calça de couro leve preta, e uma bandana branca no braço direito. Na perna tinha aonde ela colocava seu sabre de luz, da cor roxa. Carregava uma mochila com tudo que tinham, como as flechas, mantimentos, roupas, etc.
Era uma mulher forte, mas colocava os outros a sua frente. Gostava de conversar, mas sabia o momento de fechar a boca. Não gosta de ser contrariada, já que ela muitas das vezes só fala se sabe que está certa. Era caçadora profissional e tinha uma ótima mira, mas podia errar ao ficar nervosa. Aventureira, mas não gostava muito de correr riscos. Perdeu seu namorado a cinco anos atrás, morto pelos humanitários, por isso ela divergiu do grupo e no final se uniu a Matt e depois Mike.
Tinha uma mente um pouco fechada - não confiava em ninguém além de Mike e Matt, isso ainda com suas dúvidas. Talvez não fosse confiar mais de verdade depois do acontecido nos Humanitários. Não sofreu radiação nenhuma.
Ela é, em parte, a mediana entre os rapazes e no final mantem a ordem.

Ela ouviu algo, enquanto andavam. Pareciam chiados, barulhos metálicos - deveria ter alguma máquina ali por perto.

Ver perfil do usuário

5default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:00

Matt parou e botou a mão na frente deles para que parassem também, já botando a outra mão no sabre de luz.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

6default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:06

Ela tirou o arco.
~Cuidado agora..

Enquanto isso, não muito longe dali, os chiados eram causados por uma máquina de guerra, que estava quase sendo destraçada por Millo.
Millo é um homem de 28 anos em aparência, alto, cabeços brancos e cheios, bagunçados. Olhos brancos, e roupa com proteções metálicas/armadura branco com cinza e tons de azul metálico. Usava uma máscara de gás que cobria só seu nariz para baixo da cabeça/até queixo, tinha alguns tubos que vinham da máscara e se conectavam a um dispositivo que ficava em sua traqueia. Seu braço direito era robótico, tinha marcas de rasgado na roupa resistente, o que dava para entender que seu braço de verdade fora arrancado. Usava uma calça e botas protetoras boas - provavelmente o permitia correr mais rápido, sofrer quedas maiores. Carregava uma mochila e em sua mão estava seu sabre de luz branco.
Isso que dava para saber dele de primeira vista, além de parecer ser uma pessoa calma.

Ver perfil do usuário

7default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:09

- Vamos dar a volta.
Disse baixo.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

8default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:12

Ouve-se um grande estrondo seguido de um pouco de tremor, para logo ser silêncio.
~..Talvez seja bom checarmos o que é.
Com o som terminado, podia ter algo de útil.

Millo tinha derrubado a máquina, agora não "viva" mais. Suspirou, se afastando um pouco.

Ver perfil do usuário

9default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:18

Suspirou.
- Certo.
Mike sorriu.
- Você fica.
Disse ao garoto.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

10default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:29

Tirou uma flecha das costas, começou a andar.
Millo olhou ao redor. Caia algumas pedras pequenas do teto.
Começou a andar devagar, não fazer barulho. Aquele lugar para desmoronar era só um empurrãozinho..
Andava em direção ao corredor que encontraria, sem saber, Jane e Matt.

Ver perfil do usuário

11default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:32

O macaco emburrou e cruzou os braços.
Matt ativou a arma e a seguiu.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

12default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:36

Não arriscava desligar o sabre por causa de barulho, seguia quieto. As botas ajudavam a fazer seus passos serem "aveludados", inaudíveis.
Ele estava distraído, pensava em outra coisa e também prestava atenção total ao provável desmoronamento. Não percebeu os passos baixos de Jane e Matt.
Jane avistou ele, ao longe. Colocou a flecha em posição, mirava.
~Um robô..

Ver perfil do usuário

13default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:41

Permaneceu ao lado dela.
- Calma, no momento certo.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

14default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:49

Lançou, sem esperar comandos.
Millo viu - no reflexo, se desviou quase se jogando no chão.

O "som" da alta velocidade que a flecha foi lançada aonde Jane estava abalou as pedras acima deles. Começou o lugar a desabar, mas com muita intensidade atrás de Millo, aonde a flecha bateu.
Ele olhou para trás, logo o olhar mudando para assustado, e nervosamente começou a se levantar para logo correr.

Jane xingou baixo ao ver que errou, mas logo seu olhar mudava ao sentir uma pequena pedrinha cair em sua cabeça, e logo algumas maiores perto de si.

Ver perfil do usuário

15default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:52

Matt não tardou para puxa-la dali.

~... ?
Foi atrás deles.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

16default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 21:57

Jane corria, ao lado de Matt. Quem já os alcançava era Millo - que tentava desviar do caminho deles, se afastar.
Jane caiu, rolando para trás por culpa das pedras pelo caminho. Quase derrubou Millo, que se desviou quase parando. As pedras iam alcançar ela.
Voltou, correu até ela derrapando um pouco ao seu lado, tentou a puxar para se levantar. Jane grunhiu, se afastando ainda no chão. Sua perna doía, dava para ver uma pedra pontiaguda cravada ali - não muito profundo.

Ver perfil do usuário

17default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 22:04

Matt voltou até ela.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

18default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 22:09

Tentou se levantar sozinha e rápido, se afastando de Millo - resultou em ela caindo alguns metros deles. Olhou Matt - Desejava ajuda.
Millo se afastou um pouco ao ver Matt. Logo olhou para trás, a onda de desmoronamento quase chegava ali. Dava para ouvir a respiração rápida e pesada de Millo, por estar um tanto assustado.

Ver perfil do usuário

19default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 22:11

A ajudou, pouco ligando para ele.
- Volta!
Disse ao ver Mike.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

20default Re: Apocalypse em 16/6/2015, 22:15

Agradeceu baixo a Matt, logo fuzilando Millo com o olhar.
Millo começou a se mover - eles iam ficar bem, hora de ir... - quando, ao se virar, notou algo. Uma grande camada de pedras ia cair sobre Mike.
-...!!
Não sabia como avisar, invés disso agiu. Apontou o braço robótico para a pedra, imediatamente se levantando uma "tampa" do braço metálico e saindo um pequeno lança-míssil dali. Lançou um projétil, que atingiu a pedra. Se quebrou além de ser jogada para trás. Não caiu muito mais que pequenas pedras em Mike.
~Mike!
Jane berrou, pensando que o robô ia atacar Mike.. Agiu rápido e lançou outra flecha, e assim que o projétil saiu, Millo foi jogado para trás por culpa da flecha - por sorte bateu em sua proteção de ombro metálica e então se desviou, mas o impacto foi grande ao ponto de derrubá-lo.

Ver perfil do usuário

21default Re: Apocalypse em 17/6/2015, 17:10

Mike se assustou. Logo Matt puxava os dois dali.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

22default Re: Apocalypse em 17/6/2015, 17:15

Tudo ficou escuro, as pedras que tinham tinta luminosa e lâmpadas do lugar foram desmoronando e quebrando. Millo começou a correr logo ao se levantar, mas não foi muito longe. A frente desabou totalmente - culpa também do projétil - e fechou o túnel. As coisas estavam se acalmando um pouco, logo caia as ultimas pedra soltas e ficava no lugar só as firmes. Para frente obstruído, atrás também. Presos.
~...
Jane não via nada, se apoiava em Matt.
~..Mike? Mike?
Millo conseguia ver um pouco, mas nada de muito bom também.

Ver perfil do usuário

23default Re: Apocalypse em 17/6/2015, 17:20

Também não viam nada.
~ Aqui.
- Todo mundo bem?
Disse acionando o sabre de luz novamente, para fazer alguma luz.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

24default Re: Apocalypse em 17/6/2015, 17:22

Millo se mantinha afastado deles. Conseguia ver melhor com o sabre - um pouquinho de luz já era suficiente.. - e não podiam ver ele onde ele estava.
~Tirando minha perna, beleza..
Ela moveu o arco.
~..O robô ainda deve estar por aqui.
Se mantinha atenta.

Ver perfil do usuário

25default Re: Apocalypse em 17/6/2015, 17:25

Mike assentiu.
- Se mantenham em alerta, vou procurar alguma saída.

Ver perfil do usuário http://quartel-general.fantasyboard.net

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 18]

Ir à página : 1, 2, 3 ... 9 ... 18  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum